Ação do Governo de Goiás apreende pescado em extinção e arsenal predatório em posse da presidente da Colônia de Pescadores de Luiz Alves

Uma ação do Governo de Goiás apreendeu, no último dia 13 de julho, uma grande quantidade de produto de caça e pesca ilegais, além de um extenso arsenal predatório em uma chácara no distrito de Luiz Alves, distrito de São Miguel do Araguaia. O trabalho envolveu fiscais da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e policiais do Grupo Tático Ambiental (GTA) e da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar Ambiental, ambos subordinados ao Comando de Policiamento Ambiental (CPA).

O produto apreendido (veja lista abaixo) estava em posse da presidente da Colônia de Pescadores de Luiz Alves, Rosângela Alves de Oliveira, e uma segunda pessoa. Segundo informações dos integrantes da ação, estavam em uma caminhonete abordada pela equipe da Semad no desembarque da balsa que faz a travessia entre o Mato Grosso e Goiás. Durante a abordagem, os autuados fugiram do local e foram localizados em uma chácara da região pelos policiais.

Na casa foi encontrada quantidade considerável de pescado, alguns deles em risco de extinção, como o pirarucu. Durante a apreensão, os policiais descobriram uma outra residência com mais pescado ilegal e um verdadeiro arsenal predatório. 

Tanto a presidente da Colônia de Pescadores de Luiz Alves, Rosângela Alves de Oliveira, quanto a pessoa que estava em sua companhia foram conduzidas para a delegacia, autuadas penalmente e pagaram fiança para responder em liberdade. A Semad ainda realizou uma autuação no valor de R$ 46 mil e apreendeu todo o pescado, a caça e os materiais utilizados na ação criminosa contra o meio ambiente.

Veja a lista dos animais e materiais predatórios apreendidos na ação

▪️ 14 cacharas (Pseudoplatystoma fasciatum);
▪️ 05 corvinas (Plagioscion squamosissimus);
▪️ 03 bicos de pato (Sorubim cf. lima);
▪️ 01 madi moela (Pimelodina flavipinnis);
▪️ 02 quartos e 02 costelas com características de animal silvestre;
▪️ 01 pomba do bando (Zenaida auriculata).
▪️ 05 tucunarés azuis;
▪️ 48 papa-terra (Menticirrhus);
▪️ 19 piranhas-vermelhas;
▪️ 12 piaus-flamengo;
▪️ 01 piau-três-pintas;
▪️ 01 piau-cabeça-gorda;
▪️ 01 manta de pirarucu (Arapaima gigas), ameaçado de extinção;
▪️ 10 quilos de pescado impróprio para consumo;
▪️ 01 caminhonete L200 Triton;
▪️ 01 canoa de 5 metros;
▪️ 01 motor 15 Yamaha;
▪️ 01 motor 15 Jonhson;
▪️ 03 tanques de combustível;
▪️ 249 munições calibre 22 intactas;
▪️ 40 munições de calibre 38;
▪️ 82 boias para capturar tartaruga (cambuí);
▪️ 07 tarrafas;
▪️ 09 redes;
▪️ 01 arma caseira;
▪️ 01 freezer de duas portas;
▪️ 08 molinetes;
▪️ 17 carretilhas;
▪️ 40 linhas para pesca;
▪️ Diversas facas, facões, chumbadas, dentre outros.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.