Fiscais da Semad recebem treinamento da Marinha para condução de embarcações públicas

Curso Especial para Tripulação de Embarcações de Estado no Serviço Público (ETSP) vai contribuir com o trabalho em campo que, em alguns casos, exige trafegabilidade fluvial. Última vez que servidores da pasta receberam esse tipo de capacitação foi em 2013

Fiscais da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) participam desde a última segunda-feira (26/10) do Curso Especial para Tripulação de Embarcações de Estado no Serviço Público (ETSP), ministrado pela Marinha do Brasil. Com término previsto para ocorrer nesta sexta, a formação vai contribuir com o trabalho em campo que, em alguns casos, exige trafegabilidade fluvial. 

O ETSP é repassado por homens da Capitania Fluvial de Brasília, que tem jurisdição sobre o Distrito Federal e também em todos os 246 municípios goianos. Nos dois primeiros dias os agentes da Semad receberam treinamento teórico. Nesta quinta a capacitação prática ocorre no Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco (PEAMP), localizado às margens da rodovia BR-060, região metropolitana da Capital.

 A última etapa da formação será nesta sexta, quando toda a turma será submetida a uma prova de conhecimentos repassados durante todo o treinamento. O superintendente de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável da Semad, Robson Dizarz, lembra que para o direito à habilitação é necessária a obtenção de nota mínima exigida pela Marinha do Brasil.

Além dos fiscais da Semad, homens do Batalhão Ambiental, da Polícia Militar (PMGO), também integram o grupo. A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), e Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/GT3), ambos da Polícia Civil, também estão entre os 30 capacitados que receberão o ETSP.    

O ETSP habilita servidores públicos a tripular e conduzir pequenas embarcações, de até oito metros de comprimento, empregadas na navegação interior a serviço de Órgãos Públicos (extra-Marinha). Robson Dizarz lembra que a última vez que fiscais da Semad receberam esse tipo de treinamento foi em 2013. “Nem todos participaram, e mesmo aqueles que receberam a habilitação, como o prazo de validade é de cinco anos, já estavam vencidas”, esclarece.

Treinamento

Em campo, instrutores da Marinha do Brasil orientaram os participantes do ETSP sobre procedimentos necessários a uma navegação segura. Constam na lista, por exemplo, a necessidade de se estabelecer um plano de navegação. Ainda, a verificação da regularidade dos documentos da embarcação e também do condutor, entre outros.

Outra observação é quanto à previsão do tempo. Entre os equipamentos estão cabos, âncoras, remos, materiais de salvamento, como boias e extintores, além de kit de primeiros socorros, exigido em embarcações com capacidade igual ou superior a 15 pessoas a bordo.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.