Semad convida população para audiência pública virtual que vai debater a instalação da PCH Taboca, em Jataí

As discussões ocorrerão no dia 26 de janeiro de 2021, às 18h30. De acordo com o superintendente de Licenciamento Ambiental da Semad, Géza Faria Árbocz, a análise preliminar da viabilidade para emissão da Licença Prévia já foi realizada e será concluída após a audiência pública, com observância às contribuições que chegam durante as discussões

 

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) alerta para a realização de uma audiência pública para debater a instalação da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Taboca, no dia 26 de janeiro de 2021, às 18h30. O empreendimento será instalado no Rio Verde, na zona rural, limite entre os municípios de Serranópolis, Jataí e Itarumã, no Estado de Goiás.

As estruturas ficarão na margem esquerda do rio, no município de Jataí.  A área onde será instalado a PCH possui como principal corpo hídrico o Rio Verde que faz parte da Sub-bacia do Rio Paranaíba, que por sua vez se encontra inserida na Bacia do Rio Paraná. A barragem, toda construída em concreto, partirá de ambas as margens do rio para formar o reservatório que será utilizado pela PCH. 

De acordo com o superintendente de Licenciamento Ambiental da Semad, Géza Faria Árbocz, a análise preliminar da viabilidade para emissão da Licença Prévia já foi realizada e após a audiência pública, com observância às contribuições que chegam durante as discussões. Isso segundo a norma estadual, publicada no início do mês de dezembro.

Para a realização do rito, segundo pontua o superintendente, a audiência pública será toda no formato virtual, com participação da população, mas de forma segura. O modelo segue as normas sanitárias de controle e combate ao novo coronavírus. 

Para participar basta clicar no link bit.ly/apvpchtaboca e, em seguida, no botão assista agora ou participe. Serão disponibilizadas duas formas para a população entrar em contato com os palestrantes no dia da audiência e manifestar suas dúvidas e opiniões.

Manifestação oral

Nesta opção, o interessado poderá entrar na reunião virtual e conversar diretamente com os palestrantes. Para isso, basta preencher um formulário de inscrição e receber por e-mail as instruções necessárias para acessar a reunião virtual. 

Perguntas via formulário

Nesta opção, o usuário poderá enviar as perguntas por meio de um formulário simples. Para aqueles que desejam apenas assistir o debate, basta preencher um formulário de inscrição. Ao preencher e enviar o formulário, será automaticamente redirecionado para o evento ao vivo.

PCH Taboca

Com investimento da ordem de R$ 149.985.927,43, a PCH Taboca formará um reservatório de 10,41 km², com potência instalada de 29,80 MW.  O empreendimento será implantado a 167,36 km da foz do Rio Verde, onde contará com uma queda bruta de 15,29 m. 

A PCH Taboca tem como empreendedora a Atiaia Energia S.A., empresa do Grupo Cornélio Brennand criada em 2004. A subestação elevadora, localizada próxima à casa de força, receberá a tensão primária de 13,8 kV que será elevada para a tensão de 138 kV por meio de um transformador elevador de 33/41 MVA. 

A integração da PCH Taboca com o Sistema Interligado Nacional (SIN) será feita por meio de uma linha de transmissão de 138 kV, com aproximadamente 70 km de extensão, até a conexão a ser instalada na SE Barra dos Coqueiros.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.