Fiscalização da Semad notifica mineradora por descarte irregular de rejeitos no Rio Vermelho, em Pilar de Goiás

Equipes de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) notificaram uma mineradora por descarte de rejeitos no Rio Vermelho, em Pilar de Goiás. As providências legais adotadas pela pasta tiveram início nesta quinta-feira (04/11) após denúncias e comunicado feito pela própria empresa. 

Após tomar ciência do fato, imediatamente, a Secretaria enviou ao local uma equipe de servidores das Gerências de Fiscalização e de Pós Licenças Ambientais, uma vez que a empresa realizava o descarte de material em desacordo com os padrões ambientais estabelecidos. As equipes estão levantando as informações acerca da identificação e quantificação da proporção do impacto ambiental, a fim de que as medidas administrativas cabíveis sejam tomadas. 

Segundo conta a titular da pasta, secretária Andréa Vulcanis, a empresa causadora da atividade já foi notificada a realizar os procedimentos necessários para evitar qualquer tipo de prejuízo, direto ou indireto, à saúde e segurança da comunidade e das espécies vegetais e animais da região. Importante ressaltar que esse curso d'água não é o mesmo que corta a Cidade de Goiás.  

A empresa foi notificada também a realizar o acompanhamento de forma rigorosa das ações realizadas para cessar o vazamento, além da reparação do impacto ambiental, que envolve a retirada dos resíduos que podem ter afetado os recursos hídricos do município.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.