Descentralização

Descentralização:

        Descentralização é a regularização do Sistema Municipal de Meio Ambiente para executar o licenciamento das atividades de IMPACTO LOCAL.

        Para que o município ou Consórcio Público se torne apto a Licenciar atividades de Impacto Local, o mesmo deve buscar o credenciamento junto ao Conselho Estadual de Meio Ambiente – CEMAm, que por meio de um Ato Administrativo, irá declará-lo apto a emitir Licenças Ambientais de Impacto Local.

        As atividades de IMPACTO LOCAL, estão definidas no Anexo Único da Resolução CEMAm nº 02/2016 publicada pelo CEMAm.

Lista de Documentos

Legislação 

Com a Publicação da Lei 20.694/2019 e o Decreto 9710/2020, o CEMAm está em processo de revisão da Resolução 02/2016 para sua adequação à nova legislação ambiental do Estado de Goiás.

 

Supressão Vegetal

        Ao órgão estadual de meio ambiente é facultado celebrar Acordos de Cooperação Técnica com os Municípios ou Consórcios Públicos intermunicipais com as seguintes finalidades:

    I. Aprovar, em imóveis rurais, o manejo e a supressão de vegetação nativa, esta limitada a área de 20 ha(hectares), por propriedade, por ano;
    II. Aprovar limpeza de pastagem, com rendimento lenhoso.

        Para a celebração destes Acordos de Cooperação Técnica, os municípios ou consórcios públicos intermunicipais, além de estarem credenciados junto ao CEMAm para o licenciamento de atividades de Impacto Local, deverão entrar com pedido junto ao órgão Estadual de Meio Ambiente e seguir o que consta no Art. 9º parágrafos 1º e 2º da Resolução 02/2016. 

Check List para Delegação de Competência para Supressão Vegetal 

Lista de Municípios com acordo de cooperação técnica para Supressão Vegetal

 

        Base Legal:

Lei Complementar 140/2011
Lei Nº 20.694/2019
Decreto Nº 9710/2020
Resolução CEMAm nº 02/2016

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.